o mundo das matérias-primas







O alt(r) para financiar: FOCO: o mundo das matérias-primas






FOCO: o mundo das matérias-primas

http://laltrafinanza.blogspot.it/2016/06/come-abbiamogia-scritto-ormai-e-sempre.html#more

Como já escrevemos, agora está cada vez mais difícil escolher onde e como investir.
Neste artigo, queremos oferecer a você uma alternativa à combinação clássica de ações / títulos: o mundo das commodities.
Mas por que investir nesse setor que parece tão arriscado e, além disso, petróleo e ouro à parte, pouco conhecido e acompanhado pela grande mídia?

Explicamos-lhe simplesmente mostrando-lhe os 2 gráficos que encontra em anexo.
Vamos começar com o primeiro. A linha roxa é o MSCI World, o índice mundial dos mercados financeiros, a linha verde o índice de commodities Bloomberg, o índice mundial de commodities. Como você pode ver, os mercados financeiros e de commodities nos últimos 15 anos tiveram quase a mesma tendência, crescendo juntos nas fases de expansão econômica e sofrendo nas fases de recessão, mas em 2012 algo mudou.
Nesse ano, o FED iniciou a terceira fase do QE que, ao contrário das 2 anteriores, não estabeleceu a quantidade de títulos a comprar, mas o ritmo de compras, igual a 40 mil milhões, inundando os mercados de liquidez. Nesse ponto, iniciou-se uma divergência entre o mundo das finanças e a economia real. O primeiro em constante crescimento, sustentado pela grande liquidez disponível, e o segundo em lento declínio (como demonstrado pelo colapso do preço das matérias-primas devido a uma redução constante da procura em vez de um aumento da oferta).
Chegando aos dias de hoje, essa divergência se amplificou e mesmo a recente turbulência do mercado não mudou de fato a situação.
Não podemos ter certeza de que a baixa alcançada em meados de fevereiro continuará sendo o ponto mais baixo, mas estamos convencidos de que certamente neste momento tenho a possibilidade de comprar algo que vem caindo continuamente há quase 5 anos.
Portanto, nosso conselho é não investir uma parte importante de seus ativos nesta classe de ativos, mas começar a acumulá-los com um horizonte de tempo de 24/36 meses.
No segundo gráfico você encontrará os mesmos índices a partir de 1991. Como você pode ver a última vez que eles tiveram uma divergência foi em 1997/1998 anos da crise do tigre asiático quando o mercado financeiro conseguiu se recuperar graças à bolha das empresas de internet . É fácil ver pelo gráfico como ficou. Aproximação dos dois indicadores com um grande colapso dos mercados financeiros e um forte aumento das matérias-primas.
Deve ser dada especial atenção à escolha do instrumento a comprar. O mercado está multiplicando fundos, ETFs, etc, certificados que operam com matéria-prima e nem todos são eficientes para essa estratégia, têm custos muito altos ou são instrumentos puramente especulativos para serem usados ​​no curtíssimo prazo (até mesmo intradiário). Por isso, é necessário contar com um profissional do setor que melhor possa aconselhá-lo sobre o instrumento em que investir.
Como sempre, estamos à sua disposição para mais informações sobre este tema.